sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Rastro de estrelas


(National Geographic / iG) A fotografia em longa exposição mostra um campo de girassóis iluminado por estrelas em 30 de agosto de 2011, em NewTon, no estado de New Jersey, Estados Unidos.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

NGC 253

Fernando Pinheiro

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Astrônomo recria “A Noite Estrelada” de Van Gogh usando imagens do Hubble



(OddityCentral/DailyMail/io9/Hypescience) Um dos quadros mais famosos da história da arte foi recriado com algumas das mais famosas fotografias do espaço. O resultado incrível foi ideia do estudante de astronomia Alex Harrison Parker, do Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica, em Cambridge, Massachusetts (EUA).

O estudante recriou o quadro “A Noite Estrelada”, pintado entre 1889 e 1890 por Vincent van Gogh, usando imagens do espaço feitas pelo telescópio Hubble ao longo dos últimos 20 anos. As fotografias foram unidas através de um software para criar mosaicos.

O astrônomo, cuja especialidade é explorar asteroides e protoplanetas do nosso sistema solar, fez download das 100 principais imagens do Hubble para criar esse “remake” da obra-prima de Van Gogh.

“A ideia surgiu na época do 22º aniversário do Hubble, quando eu pensei que seria legal montar uma colagem com suas imagens mais históricas”, disse Parker.

A ideia de fazer o mosaico de A Noite Estrelada surgiu em um dia que ele não pode observar as estrelas por conta de um céu nublado. “Observação do céu é complicada. Às vezes, nuvens podem atrapalhar a visualização, ou ventos fortes e gelo, etc”, explicou.

O resultado ficou muito interessante. O que você achou? Baixe em alta resolução.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Na Noite Mais Escura



(Objeto M42) Não observamos o universo com frequência. Nas grandes cidades, onde a maioria das pessoas mora, as estrelas são constantemente inibidas pela poluição luminosa e as noites sempre parecem vazias e desertas. Hoje os satélites as observam de suas órbitas, as cidades, uma cadeia de pontos luminosos curvando-se sobre a superfície da Terra, um cenário espantoso que em algumas décadas atrás não existia.

Sem dúvidas, os povos antigos tinham uma visão mais clara do céu noturno, a noite era o que hoje só pode ser observado adequadamente em regiões inóspitas, dezenas de quilômetros distante de qualquer cidade, ou em situações bem peculiares: apagões!

terça-feira, 30 de outubro de 2012

A Primeira Foto da Lua A Gente Nunca Esquece



(LPOD/Cienctec) Ao observar a imagem acima você deve pensar que ela foi feita por um astrônomo muito experiente e com completo controle sobre seu instrumento e sobre as experiências que já fez. Mas você está enganado, a foto acima foi feita por uma astrônoma amadora que estava utilizando seu telescópio somente por 11 dias. Mas isso não quer dizer nada, visto o resultado que ela alcançou. Na imagem acima pode-se ver claramente as sutis cores das lavas dos mares com diferentes composições e ótimo balanço tonal que é preservado entre a brilhante cratera Tycho e o material mais acinzentado ao redor. Um trabalho realmente excelente para a primeira imagem feita por um astrônomo amador com o seu novo telescópio. Embora tenha sido a primeira imagem da Lua dessa astrônoma amadora, ao visitar seu site na internet: http://www.melaniedavies.co.uk/ e http://www.melaniedaviescalligraphy.co.uk/, podemos entender de onde vem a qualidade de seu trabalho. A imagem acima mostra que uma excelente imagem da Lua pode ser feita por qualquer pessoa e com instrumentos de tamanhos modestos, basta usar a imaginação e como fazem os poetas usar a própria Lua como inspiração.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

NGC7293 - Helix Nebula


Wellerson Lopes
Data/Hora Local : 20/08/2012 00:50
Data/Hora UT : 20/08/2012 03:50
ISO 800
FOV: 2o 49' 56''
6 fotografias de 300 seg.
Empilhamento e Calibração: 9 darks + 10 flats + 10 offsets no software IRIS
Processamento: IRIS + Photoshop CS3
Equipamento: Canon T1i (não modificada) + Meade 80mm ED APO F6 + guiagem + EQ3-2 controlado pelo Soundstepper

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

terça-feira, 9 de outubro de 2012

NGC 55 - Galáxia do Grupo do Escultor


Wellerson Lopes
Data/Hora Local : 19/08/2012 02:53
Data/Hora UT : 19/08/2012 05:53
FOV : 01 20' 32"
ISO 800
10 fotografias de 300 seg.
Empilhamento e Calibração: 9 darks + 20 flats + 20 offsets no software IRIS
Processamento: IRIS + Photoshop CS3
Equipamento: Canon T1i (não modificada) + Meade 80mm ED APO F6 + guiagem + EQ3-2 com Soundstepper

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

M8 (NGC 6523) - Nebulosa da Lagoa


Wellerson Lopes
Data/Hora Local : 17/08/2012 22:30
Data/Hora UT : 18/08/2012 01:30
ISO 800
16 fotografias de 180 seg.
Empilhamento e Calibração: 15 darks + 20 flats + 11 offsets no software IRIS
Processamento: IRIS + Photoshop CS3
Equipamento: Canon T1i (não modificada) + Meade 80mm ED APO F6 + guiagem + EQ3-2

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Imagem Mostra Lua Cheia Se Pondo Nos Alpes Italianos



(Astronomy.com / Cienctec) Após um cuidadoso planejamento, o fotógrafo capturou nossa satélite natural se pondo além dos Alpes e da Sacra di San Michele. Esse complexo religioso localiza-se a uma altura de 1000 metros no Monte Pirchiriano no Norte da Itália. A foto acima foi feita com uma câmera Canon EOS 5D Mark II DSLR, com uma lente Sigma de 150-500 mm em f/9 e 500 mm, mais uma teleconverter de 1.4x em ISSO 500 com exposição de 1/25 segundos. Essa imagem foi feita no dia 11 de Dezembro de 2011, desde a cidade de Avigliana, na Itália.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Imagens feitas com longa exposição mostram estrelas viajando pelo céu



(Techtudo) Não, a imagem que você está vendo abaixo deste parágrafo não tem nenhum efeito digital. Ela faz parte de um projeto chamado Star Trails, criado pela Daniel Dragon Films e publicado no Vimeo há uma semana. O fotógrafo Daniel Lowe, da Carolina do Norte, registrou imagens incríveis dos movimentos que as estrelas fazem no céu, juntou todas elas em um vídeo e formou um time-lapse impressionante, que está bombando na web.

As fotos foram tiradas como um time-lapse estático em uma noite clara, sem nuvens. Cada imagem aparece por cerca de quatro a seis segundos e então desaparece no vídeo, dando o efeito de movimento. As estrelas se movem pelo céu e deixam rastros, que podem ser capturados por uma boa câmera se ela for configurada corretamente.

“Estas cenas foram criadas unindo uma sequência de fotos de alta resolução tiradas com exposição enorme. O vídeo foi feito no Adobe After Effects, onde foi possível adicionar os detalhes de efeito e transição, criando o vídeo. O Startrails retrata o movimento real das estrelas e as luzes que aparecem nestes momentos. Nada foi adicionado, com todo o respeito aos gráficos feitos em computador”, diz a descrição no início do vídeo.


Em entrevista ao site "PetaPixel", Daniel detalhou um pouco o procedimento, dando dicas de como realizou a montagem. Ele revela que usou o modo “Lighten” do After Effects, que usou imagens em formato TIFF e que importou as fotos manualmente para o programa – e não como se fossem uma sequência, para poder personalizar as informações e detalhes de exibição de cada uma delas. O artista promete que, caso o vídeo faça sucesso, disponibilizará um tutorial completo de como realizar o procedimento.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Concurso britânico elege 'astros' da fotografia espacial



(BBC/Terra) A imagem de uma galáxia em forma de espiral, extremamente detalhada, foi a grande vencedora da competição Fotógrafo de Astronomia do Ano, promovida pelo Observatório Real britânico de Greenwich, em Londres. Essa foi a segunda vez que o autor da foto, Martin Pugh, foi selecionado pelos jurados do concurso, que incluem o célebre astrônomo britânico Patrick Moore.

Além de um cheque de 1,5 mil libras esterlinas (quase R$ 5 mil), ele garantiu posição de destaque na mostra dos vencedores do concurso do Observatório Real, aberta nesta quinta-feira.

Em 2012, ano em que a transição de Vênus entre a Terra e o Sol foi o grande destaque da astronomia mundial, duas fotos foram selecionadas sobre o tema. Em uma delas, do fotógrafo Paul Haese, é possível ter-se uma noção da enorme dimensão do Sol em relação a Vênus - que é praticamente do tamanho da Terra.

Outro destaque da mostra deste ano do Observatório Real é a impressionante foto de um menino de 13 anos, o americano Thomas Sullivan, que compôs uma imagem da Via Láctea usando como pano de fundo um cenário desértico da Califórnia.

A Aurora Boreal do Hemisfério Norte foi também um dos temas escolhidos e aparece em diferentes imagens premiadas.

A competição Fotógrafo de Astronomia do Ano já está no seu quarto ano e é promovida pelo Observatório Real em cooperação com a revista Sky at Night. A mostra do Observatório Real de Greenwich é gratuita fica aberta até o dia 5 de fevereiro de 2013, na sede da organização, em Greenwich, bairro da região sudeste de Londres.
----
Mais imagens aqui
----
Matérias similares no G1EstadãoFolhaiGUOL e Público - Portugal

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

terça-feira, 18 de setembro de 2012

O Céu da Floresta da Tijuca

Vinícius Albani
ISO 100 - 200 c/ exposições de 30 segundos. 
Máquina point-and-shot antiga sem modificações, 
Sony Cybershot DSC P73. 
Sem acompanhamento ou processamento

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Ocultação de Júpiter pela Lua - REGISTROS


Ricardo cavallini / Alexandre Milito





Renato Poltronieri



João Amâncio



Marco Goiato


José Franco (mais imagens aqui)

Relatório de observação de Alexandre Amorim (Costeira1)
.
Mais imagens e resultados no blog Infobservador

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

terça-feira, 28 de agosto de 2012

M27 - Nebulosa Planetária


Gabriel Oblasser e Marcos Mantovanelli

M33


Gabriel Oblasser e Marcos Mantovanelli

NGC 253 Galáxia do Escultor


Gabriel Oblasser e Marcos Mantovanelli

Apogeu e Perigeu de Agosto

Alexandre Amorim (REA/NEOA-JBS)

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

M8 - Nebulosa da Lagoa


Gabriel Oblasser e Marcos Mantovanelli

M42 - Nebulosa de Orion


Gabriel Oblasser e Marcos Mantovanelli

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Lua, Spica, Marte e Saturno



Renato Poltronieri - telescópio de 114mm - câmera Canon Sx200is
ASTROCAN (Clube de Astronomia de Nhandeara) - Nhandeara(SP), 21/08 




quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Iridium Flare


Ricardo Cavallini - Batatais/SP
21/07/2012 - 19:22 (22:22 UT) - Câmera Sony DSC HX100v

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Outro Triângulo Austral?

Priscila Coghlan (CODE/LIADA) - Nikon D 3100 - Spica, Marte e Saturno

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Via Láctea

Gabriel Oblasser (Jundiaí/SP)

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Alinhamento Marte, Spica e Saturno





Marcelo Emilio Bruckmann (Laboratório de Astronomia - Faculdade de Física/PUCRS)

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Lua e Vênus de dia

Anderson Dantas
13/08/2012 10:34 TU - ISO 200, 1/125”, f/14.1

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Perseidas - REGISTRO


Renato Poltronieri
Local: Nhandeara (SP) - Astrocan - Clube de Astronomia de Nhandeara
Câmera Canon Sx200is - iso 1200 - vel/tempo 32seg.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Ômega Centauri

Gabriel Oblasser (Jundiaí/SP)

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Vênus (02/08/12)



Maciel Bassani Sparrenberger